Pular para o conteúdo

Amanda Costa

Brasileiros ainda têm R$ 7,5 bilhões esquecidos em bancos

Ex.Saúde, Presidente, Governo

Mais de R$ 7,5 bilhões ainda esquecidos nos bancos podem ser sacados por brasileiros. 
Esses valores a receber estão disponíveis no sistema do Banco Central. 
Até novembro do ano passado, apenas R$ 5,5 bilhões, de um total de R$ 13 bilhões esquecidos no sistema, foram resgatados.
Apenas 17 milhões de pessoas ou empresas buscaram os valores. Esse número representa 28% do total de mais de 60 milhões de correntistas.
Os valores de até R$ 10 concentram 63% dos beneficiários. Já entre R$ 10 e R$ 100, são 25% dos correntistas. 
As quantias entre R$ 100 e R$ 1 mil representam quase 10% dos clientes. Só 1,71% tem direito a receber mais de R$ 1 mil.
Para saber se tem algum dinheiro esquecido, basta acessar: valoresareceber.bcb.gov.br.
O Banco Central aconselha a ter cuidado com golpistas que alegam fazer a intermediação ou cobrança para resgates de valores esquecidos.
Todos os serviços são totalmente gratuitos. O sistema não envia links, nem entra em contato para tratar sobre valores a receber ou para confirmar dados pessoais.
* Com informações da Agência Brasil.
Edição: Ana Lúcia Caldas/ Renata Batista

O líder do governo no Congresso, senador Randolfe Rodrigues, disse que a indiscutível competência, o vasto saber jurídico e o histórico de defesa do Estado Democrático de Direito são algumas virtudes que qualificam Lewandoski para o cargo.

As atividades foram paralisadas nesta quinta-feira (11), enquanto funcionários do Banco Central aguardam uma negociação salarial. Segundo o sindicato da categoria, a adesão é de 70% dos funcionários.

Para Felipe Recondo, jornalista especializado no Poder Judiciário, os ataques de ódio dirigidos à Corte têm lastro nos quatro anos de confrontações provocadas pelo ex-presidente, Jair Bolsonaro

Aos 61 anos, depois de treinar 20 clubes no país e ganhar 14 títulos, Dorival assume a seleção com o sonho de levar o Brasil de volta a uma final da Copa do Mundo.

Segundo Relatório Mundial 2024, mais de 50% das mortes violentas no Brasil são cometidas por policiais. “Polícia como ameaça, não como proteção”, aponta  Maria Laura Canineu, vice-diretora da Human Rights Watch

O fogo começou em um equipamento eletrônico que gerou fumaça e prejudicou o funcionamento de duas unidades de terapia intensiva do Hospital São Luiz do Morumbi
Conheça nossos aplicativos nas lojas online da iTunes e Google

source

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
SOBRE MIM
Amanda Costa
Natural do Ceará com 40+ apaixonada pelo Rio de Janeiro e carioca de coração. Defensora de causas sociais e políticas de grande relevância para o nosso Brasil.
#vamosquerer um futuro melhor.
siga amanda costa nas redes sociais
LUTA PELA DEMOCRACIA EM SP