Pular para o conteúdo

Amanda Costa

Cidade de São Paulo celebra 470 anos com bolo gigante no meio da rua

Ex.Saúde, Presidente, Governo

A cidade de São Paulo celebrou seus 470 anos, nesta quinta-feira (25), com um bolo gigante montado nas ruas do bairro tradicional do Bixiga e no Mercado Municipal, na região central. A festa segue noite adentro com uma programação cultural intensa de shows, espetáculos e bailes. 
No aniversário da maior capital da América Latina, vamos contar como essa grande metrópole faz parte, de maneira especial, da trajetória dos artistas que a celebram.
A voz que escutamos é de Nelson Triunfo. Pernambucano de nascimento, foi na cidade de São Paulo que ele se tornou um dos fundadores da cultura hip-hop no país. O dançarino de breaking chegou na Pauliceia Desvairada em 1977. Hoje, aos 69 anos, Triunfo faz parte da história musical da cidade de mais de 12 milhões de habitantes. É personagem ilustre por ser um dos principais dançarinos de soul do Brasil.
Com seu black bem posto e o gingado no corpo, passou a tarde do aniversário da cidade dançando e esbanjando vida no baile que comandou no Sesc Pompeia, na zona oeste da cidade. 
Aos 40 anos, a contadora de histórias Mafuane Oliveira também tem sua vida de artista entrecruzada com as esquinas, ruas e espaços culturais de leste a oeste da capital paulista. Filha de migrantes mineiros e baianos, Mafú está a frente da Companhia Chaveroeiro, desde 2007. Moradora do Bixiga, ela se apresenta com um conjunto de chaves em mãos: abre as histórias afrobrasileiras que atravessam os bairros, as famílias e o cotidiano de quem mora na cidade.
Assim como Nelson Triunfo e os pais de Mafuane, a artista visual Raquel Santos migrou e escolheu viver em São Paulo, há 8 anos. 
Nascida no subúrbio carioca, hoje ela vive na cidade de Santo André, na região do ABC paulista. Mestra em Arte Educação e ativista das bordas, Raquel faz questão de revelar o feitiço que São Paulo tem.
Seja bailando com o corpo nas ruas ou nos salões, contando e escrevendo histórias familiares, cantando ou bordando sua arte, os artistas que escolheram viver nesta cidade de 470 anos seguem celebrando e criando outras cidades possíveis dentro dessa gigante Desvairada. 
Edição: Nadia Faggiani / Pedro Lacerda

Pesquisa realizada mensalmente pela Confederação Nacional do Comércio (CNC) mostra que a porcentagem de famílias com dívidas em atraso fechou o mês de janeiro em 28,3%, o menor nível desde março de 2022. E a inadimplência caiu mais entre famílias com menor renda. 

O cálculo é do braço da ONU para comércio e desenvolvimento. Além das mais de 27 mil mortes, os bombardeios e a ofensiva terrestre de Israel tem dizimado a infraestrutura e os meios de subsistência dos 2,3 milhões de habitantes.

Segundo dados do Índice de Preços ao Produtor (IPP), divulgados nesta quinta-feira (1º) pelo IBGE, a taxa ficou cerca de 8 pontos percentuais menor que os 3,16% de 2022.  

Na primeira sessão do ano, o STF decidiu que a separação total de bens no casamento ou na união estável de pessoas maiores de 70 anos não é obrigatória. No julgamento, uma mulher questionava um artigo do Código Civil que obriga a separação total de bens nesse tipo de situação.

No discurso de abertura, o presidente do STF, Luís Roberto Barroso, destacou uma série de medidas para tornar o judiciário mais eficiente e representativo da sociedade brasileira. Lula destacou que as prioridades da Corte estão alinhadas com as do governo e reforçou a importância da independência do Judiciário.

É o que mostra estudo publicado nesta quinta-feira (1º) em uma das principais revistas médicas do mundo: o The New England Journal of Medicine. A vacina do Butantan surge como esperança para frear o aumento de casos no país.
Conheça nossos aplicativos nas lojas online da iTunes e Google

source

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
SOBRE MIM
Amanda Costa
Natural do Ceará com 40+ apaixonada pelo Rio de Janeiro e carioca de coração. Defensora de causas sociais e políticas de grande relevância para o nosso Brasil.
#vamosquerer um futuro melhor.
siga amanda costa nas redes sociais
LUTA PELA DEMOCRACIA EM SP