Pular para o conteúdo

Amanda Costa

Inquérito vai investigar participação de deputados em atos golpistas

Ex.Saúde, Presidente, Governo

Três deputados federais eleitos se tornaram alvos de inquéritos relacionados à invasão e depredação dos prédios do Palácio do Planalto, Congresso Nacional e Supremo Tribunal Federal no dia 8 de janeiro. O pedido de investigação feito pela Procuradoria-Geral da República foi atendido pelo ministro do STF, Alexandre de Moraes. Moraes também retirou o sigilo dos processos nessa segunda-feira (23).
Os parlamentares do PL, André Fernandes e Sílvia Waiãpi, e Clarissa Tércio, do PP, são acusados de fazer postagens em redes sociais incentivando os atos golpistas. 
No dia dos ataques, a deputada Clarissa Tércio postou no Instagram a seguinte mensagem: “Acabamos de tomar o poder. Estamos dentro do Congresso. Todo povo está aqui em cima. Isso vai ficar para a história, a história dos meus netos, dos meus bisnetos.”
Também no Instagram, a deputada Sílvia Waiãpi postou vídeos dos atos com a legenda: “Povo toma a Esplanada dos Ministérios nesse domingo! Tomada de poder pelo povo brasileiro insatisfeito com o governo vermelho.”
Já o deputado André Fernandes publicou um vídeo no Twitter, no dia 6, convocando “ato contra o governo Lula”, e afirmando que ele estaria presente. No dia das invasões, ele ainda postou a imagem de uma porta vandalizada, onde estava escrito o nome do ministro Alexandre de Moraes, com a legenda: “Quem rir vai preso”.
De acordo com o advogado Erik Moraes, da Ordem dos Advogados do Brasil no Maranhão, há uma grande diferença entre “liberdade de expressão” e incitações, como as dos três parlamentares, que ferem outros direitos do cidadão.
A Polícia Federal tem até o início de março para conclusão dos inquéritos. O advogado Erik Moraes explica as possíveis consequências, caso a PF confirme as acusações.
Nossa reportagem tentou contato com os três parlamentares, mas ainda não obteve retorno.
Edição: Nádia Faggiani/ Renata Batista

Glaidson Acácio dos Santos foi preso em 2021 acusado de chefiar esquema de pirâmide financeira, que movimentou mais de R$ 38 bilhões, causando prejuízos a investidores em criptomoedas.

Levantamento do Instituto Fogo Cruzado mostra que, em 2022, sete crianças foram atingidas por balas perdidas e duas morreram. E, nos últimos seis anos, o número de crianças vítimas de balas perdidas chegou a 122 na região metropolitana do Rio.

O caso está correndo há uma década e meia sem solução, e, por meio de uma ação civil pública, a Defensoria pede prazo de até seis meses para que o processo de regularização fundiária seja finalizado.

A decisão do torneio será no sábado (28), às 15h, em Franca, no ginásio Pedrocão. A equipe de Franca tem a vantagem, podendo, assim, decidir em casa.

O incêndio, que começou no início da tarde dessa quarta-feira (25), foi controlado por volta das 16h. Segundo o coronel do Corpo de Bombeiros, Aloísio Fernandes, o fogo ficou confinado entre duas proteções do terraço e o acesso dos bombeiros ocorreu pelo telhado do teatro. Não houve feridos.

O Super Centro Carioca de Vacinação começa a funcionar no próximo sábado, 28 de janeiro, no prédio que abrigou o Desinfectório de Botafogo, inaugurado em 1905, na rua General Severiano, número 91, na zona sul da cidade.
Conheça nossos aplicativos nas lojas online da iTunes e Google

source

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
SOBRE MIM
Amanda Costa
Natural do Ceará com 40+ apaixonada pelo Rio de Janeiro e carioca de coração. Defensora de causas sociais e políticas de grande relevância para o nosso Brasil.
#vamosquerer um futuro melhor.
siga amanda costa nas redes sociais
LUTA PELA DEMOCRACIA EM SP