Pular para o conteúdo

Amanda Costa

Nordeste, Sudeste e Sul têm aumento nos casos de SRAG por covid-19

Ex.Saúde, Presidente, Governo

Os casos de Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG) por covid-19 seguem de forma heterogênea no país, com alguns estados apresentando crescimento de novas ocorrências semanais, principalmente na população de idade mais avançada. Em outros os sinais são de estabilidade ou interrupção do crescimento. É o que aponta o novo boletim InfoGripe da Fiocruz, divulgado nesta quinta-feira. A análise é referente à Semana Epidemiológica 45, período de 5 a 11 de novembro.  Em nível nacional, por conta da variação no território brasileiro, o cenário se traduz em estabilidade, como explica coordenador do InfoGripe, Marcelo Gomes. 
“Quando a gente olha a curva Brasil a gente vê uma situação, neste momento, que é de estabilidade né? Mas por conta aí dessa variação no cenário em em nosso território. Então a gente tem ainda aquele cenário de alguns estados das regiões Sudeste e Sul com sinal de crescimento, aumento no número de novos casos semanais, especialmente na população em idade avançada né? 
De acordo com o Boletim, alguns estados das regiões Nordeste, Sudeste e Sul há indícios de aumento de novos casos semanais de Síndrome Respiratória Aguda Grave por covid-19, como Bahia, Rio Grande do Sul, Santa Catarina e Minas Gerais. Minas, que estava numa situação de estabilidade, voltou a apresentar crescimento nas internações associadas à Covid-19. Já no Nordeste, apenas a Bahia apresenta esse cenário. Por outro lado, em Goiás, Mato Grosso do Sul, Paraná, além do estado de São Paulo, há indícios de interrupção de crescimento.
Edição: Roberto Piza/Pollyane Marques

Os casos seguem de forma heterogênea no país, é o que mostra o novo boletim InfoGripe da Fiocruz

O documento foi aprovado no Conselho de Segurança por 12 dos 15 membros. Estados Unidos, Rússia e Reino Unido se abstiveram. A resolução proposta por Malta se limita à questão humanitária, principalmente das crianças, e não trata de impor um fim ao conflito entre Israel e Hamas.  

Israel alega que o Hamas mantém um centro de comando no subsolo do hospital e o primeiro-ministro, Benjamin Netanyahu, confirmou a operação, dizendo que “não há lugar em Gaza” que as forças israelenses não alcancem.

As investigações apontam que o grupo criminoso usava sofisticados meios para ocultar e dissimular a origem de bens adquiridos a partir dos recursos recebidos das atividades criminosas, em especial o tráfico transnacional de drogas.

Segundo a Secretaria de Segurança Pública, é o policial civil Paulo Kim, de 50 anos, que já está sendo investigado pela Corregedoria. O caso aconteceu domingo e veio a público com vídeo nas redes sociais. A secretaria também condenou a atitude de policial militar que estava no local e se omitiu em prestar socorro.

O posicionamento do Observatório do Clima, que reúne mais de  60 organizações brasileiras, será apresentado na COP28.
Conheça nossos aplicativos nas lojas online da iTunes e Google

source

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
SOBRE MIM
Amanda Costa
Natural do Ceará com 40+ apaixonada pelo Rio de Janeiro e carioca de coração. Defensora de causas sociais e políticas de grande relevância para o nosso Brasil.
#vamosquerer um futuro melhor.
siga amanda costa nas redes sociais
LUTA PELA DEMOCRACIA EM SP