Pular para o conteúdo

Amanda Costa

Depoimento de Mauro Cid na CPMI de 8 de janeiro é adiado

Ex.Saúde, Presidente, Governo

O depoimento do tenente-coronel Mauro Cid na Comissão Parlamentar Mista de Inquérito dos atos de 8 de janeiro foi adiado para a próxima semana, dia 11. Ele seria ouvido nesta terça (4) no Congresso Nacional.
A mudança de data aconteceu porque o presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira, decidiu dar prioridade às pautas econômicas nesta semana. Com isso, o funcionamento da CPMI, que reúne deputados e senadores, seria afetado.
Por isso, o presidente Arthur Maia, do União Brasil da Bahia, decidiu transferir as duas reuniões da Comissão desta semana para a próxima.
O tenente-coronel Mauro Cid está preso desde o dia 3 de maio, acusado de fraudar o sistema de cartões de vacinação.
Ele deve ser questionado por mensagens de teor golpista encontradas pela Polícia Federal no telefone dele. Cid teria tratado de um golpe de estado com Jean Lawand Júnior, ex-subchefe do Estado Maior do Exército. Lawand negou em depoimento à CPMI.
Edição: Sâmia Mendes/ Renata Batista

O Glorioso encara o vice-líder Grêmio, no próximo domingo (9), às 18h30, em Porto Alegre, e Perri está de olho vivo no artilheiro Luiz Suárez, que com dores no joelho pode desfalcar mais uma vez o time do técnico Renato Gaúcho.

De acordo com o secretário-executivo do Ministério do Trabalho, Francisco Macena, alguns acordos estão sendo construídos nessas reuniões, mas ainda há diversos pontos a serem resolvidos, como a previdência desses trabalhadores.

O objetivo é oferecer mais proteção aos consumidores no abastecimento de combustível.

Os auditores do TCU observaram que, em 2021, mais da metade dos pedidos de financiamento de projetos culturais foram definitivamente negados. Também em 2021, o tempo de análise dos pedidos, que é de 60 dias, aumentou, segundo a apuração. 

Nesta quinta-feira (6) foi relançado o CNDI, Conselho Nacional de Desenvolvimento da Indústria. Durante a abertura da reunião, o presidente Luiz Inácio Lula da Silva disse que pretende fazer uma revolução industrial para tornar o Brasil competitivo

Na última terça-feira (4), o governo do Ceará definiu a criação de um fórum permanente de avaliação e acompanhamento do sistema penitenciário. Atualmente, 21 mil pessoas estão em regime fechado nos presídios do estado. 
Conheça nossos aplicativos nas lojas online da iTunes e Google

source

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
SOBRE MIM
Amanda Costa
Natural do Ceará com 40+ apaixonada pelo Rio de Janeiro e carioca de coração. Defensora de causas sociais e políticas de grande relevância para o nosso Brasil.
#vamosquerer um futuro melhor.
siga amanda costa nas redes sociais
LUTA PELA DEMOCRACIA EM SP