Pular para o conteúdo

Amanda Costa

RJ vai elaborar proposta de internação compulsória para dependentes

Ex.Saúde, Presidente, Governo

No de Janeiro, a Secretaria Municipal de Saúde vai ter que elaborar uma proposta de internação compulsória de usuários de drogas.
A determinação é do prefeito Eduardo Paes. Nesta terça (21), nas redes sociais, Paes declarou inadmissível que diferentes áreas da cidade fiquem com pessoas nas ruas que não aceitam qualquer tipo de acolhimento e que, mesmo abordadas em diferentes oportunidades pelas equipes da prefeitura e autoridades policiais, acabam cometendo crimes.
O secretário municipal de saúde Daniel Soranz explicou a medida.
Ainda de acordo com Soranz, essa determinação médica é de um psiquiatra, da Secretaria Municipal de Saúde. Mas, a medida é contestada por especialistas de área.
Lucio Costa, diretor executivo do Instituto Desiderate, organização social de direitos humanos e saúde mental, disse que a determinação é arbitrária.
Lucio também contestou a alegação de que a internação seria para evitar atos ilícitos. Ele ressaltou que não há como afirmar se alguém vai cometer ou não um crime e que tal afirmação precisa de respaldo científico.
Edição: Leila Santos / Alessandra Esteves

A declaração veio depois que ministros do Supremo se manifestaram sobre a proposta que limita os poderes do STF, aprovada no plenário do Senado na quarta-feira.

O governo federal deve definir nesta sexta-feira como limitar o reajuste da conta de energia do Amapá. A nova tarifa, com aumento médio 44% para os consumidores, proposta pela Aneel, está prevista para começar a valer no dia 13 de dezembro.

O plano tem duração de 4 anos, podendo ser revisado anualmente, e conta com 95 ações nessa primeira etapa. Entre elas, 90 novas policlínicas equipadas com mesas ginecológicas e mamógrafos acessíveis e a formação de 15 mil conselheiros tutelares.

A equipe do Instituto Nacional da Mata Atlântica mapeou mais de 50 horas de 411 vídeos no YouTube, em 39 países, entre abril do ano passado e agosto desse ano, e identificou quase 100 espécies sendo maltratadas.

Em uma reunião, no Palácio do Planalto, o presidente Lula anunciou que começa a comandar o G-20, na próxima semana, em primeiro de dezembro. Diante de ministras, ministros e parlamentares, ele disse que este deve ser o mais importante evento internacional que o Brasil vai coordenar.

O anúncio foi feito pelo porta-voz do ministério das Relações Exteriores de Catar, Majed al-Ansari, que trabalhou como mediador do acordo firmado entre Israel e Hamas. Ele ainda disse que, inicialmente, 13 pessoas serão libertadas, todas mulheres e crianças.
Conheça nossos aplicativos nas lojas online da iTunes e Google

source

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
SOBRE MIM
Amanda Costa
Natural do Ceará com 40+ apaixonada pelo Rio de Janeiro e carioca de coração. Defensora de causas sociais e políticas de grande relevância para o nosso Brasil.
#vamosquerer um futuro melhor.
siga amanda costa nas redes sociais
LUTA PELA DEMOCRACIA EM SP