Pular para o conteúdo

Amanda Costa

Governo prorroga desconto na compra de carros por pessoas físicas

Ex.Saúde, Presidente, Governo

Quem ainda quiser comprar carro mais barato ganhou mais duas semanas de prazo. É que o Ministério do Desenvolvimento, Indústria, Comércio e Serviços prorrogou por 15 dias a exclusividade do programa de venda de carros com créditos tributários para pessoa física, que se encerraria nesta quarta-feira (21). Os descontos variam de R$ 2 mil a R$ 8 mil.
A medida, assinada nessa terça-feira (20), pelo ministro e presidente em exercício, Geraldo Alckmin, foi publicada em edição extraordinária do Diário Oficial da União.
Por enquanto, estão com desconto 266 versões de 32 modelos de automóveis, de nove montadoras. A tabela de modelo de carros atualizada pode ser acessada no site www.gov.br/mdic.
O ministério confirmou ter recebido novos pedidos de montadoras e que eles estão sendo analisados.
Apesar do prazo maior para os carros populares, nada mudou nos programas para ônibus, vans e caminhões. As empresas poderão comprar esses veículos com desconto, já a partir desta quarta-feira.
Até o momento, foram solicitados R$ 320 milhões em créditos tributários para a venda de carros com desconto, o que corresponde a 64% dos R$ 500 milhões à disposição para baratear os carros populares. Em relação aos caminhões, ônibus, vans, dez montadoras de caminhões aderiram ao programa para renovação de frotas, somando um volume de descontos de R$ 100 milhões. Isto equivale a 14% dos R$ 700 milhões disponibilizados para essa categoria.
Os créditos tributários são os descontos no pagamento de impostos futuros, concedidos pelo governo às empresas do setor que aplicarem o desconto na venda ao consumidor. O valor é de R$ 1,5 bilhão. Está prevista a utilização de R$ 700 milhões em créditos tributários para a venda de caminhões, R$ 500 milhões para carros e R$ 300 milhões para vans e ônibus.
O programa tem prazo de quatro meses, mas pode se terminar antes, assim que os créditos tributários se esgotarem.
* Com informações da Agência Brasil.
Edição: Leila Santos/ Renata Batista

A queda da inflação, além do esperado, e o mercado de trabalho aquecido têm deixado os consumidores mais dispostos a consumir.

A polícia do Rio de Janeiro está investigando uma quadrilha que teria desviado dinheiro de quatro prefeituras da Baixada Fluminense. De acordo com as apurações, o grupo fraudou diversas licitações nas cidades de São João de Meriti, Nilópolis, Nova Iguaçu e Belford Roxo.

A Defensoria Pública do estado do Rio de Janeiro divulgou nesta quinta-feira (22) um relatório de análise técnica em que denuncia a falta de ambulâncias para atender os 43.801 detentos e detentas do sistema penitenciário do estado.

Já são 205 imigrantes instalados provisoriamente nos corredores do terminal. Mas, de acordo com a Secretaria de Desenvolvimento e Assistência Social da cidade, Guarulhos possui atualmente 177 vagas para migrantes e refugiados. Mas, neste momento, não há nenhuma disponível.

Julgamento no TSE foi suspenso após manifestação do vice-procurador-geral eleitoral, da defesa do ex-presidente e do advogado do PDT, autor da ação. Discussão será retomada na próxima terça-feira (27).

A declaração do ex-ministro do GSI foi dada à CPI dos Atos Antidemocráticos da Câmara Legislativa do DF. Gonçalves Dias pediu demissão após a divulgação de imagens que mostram ele caminhando ao lado de invasores pelos corredores do Palácio do Planalto em 8 de janeiro.  
Conheça nossos aplicativos nas lojas online da iTunes e Google

source

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
SOBRE MIM
Amanda Costa
Natural do Ceará com 40+ apaixonada pelo Rio de Janeiro e carioca de coração. Defensora de causas sociais e políticas de grande relevância para o nosso Brasil.
#vamosquerer um futuro melhor.
siga amanda costa nas redes sociais
LUTA PELA DEMOCRACIA EM SP