Pular para o conteúdo

Amanda Costa

Saúde destina R$ 255 milhões para Amazonas em meio à seca histórica

Ex.Saúde, Presidente, Governo

O Amazonas vai receber mais de R$ 225 milhões para reforçar o atendimento à população atingida pela seca histórica.
Os recursos serão usados para reconstruir e ampliar a estrutura do SUS no estado. 
As cidades de Lábrea, Tabatinga e São Gabriel da Cachoeira vão receber uma parte dos recursos para reforçar a assistência na atenção primária. 
Serão enviados cerca de R$ 102 milhões em parcela única. Já R$ 123 milhões serão incorporados ao teto de média e alta complexidade do estado, a partir do mês que vem, para 59 municípios.
A ministra da Saúde, Nísia Trindade, explicou como serão repassados os valores.
Segundo ela, uma equipe acompanha os efeitos da questão ambiental em relação a doenças e outros impactos para a saúde por problemas de falta de assistência que podem ocorrer por causa da estiagem.

Em nota, o Comando Militar do Sudeste afirmou que, entre as linhas de investigação, a mais provável é que as armas foram furtadas com a participação de militares do Arsenal de Guerra de São Paulo. Há a possibilidade do desvio ter ocorrido entre 5 e 8 de setembro.

A decisão foi promulgada pela 4ª Câmara de Direito Privado do Tribunal de Justiça de São Paulo. O valor da indenização é de R$ 50 mil.

O Senado discutiu nesta quinta-feira (19) a Proposta de Emenda Constitucional que impede decisão monocrática, tomada por um só juiz, para leis ou atos do presidente da República, da Câmara e do Senado.

Com a decisão, a Venezuela fica autorizada a produzir e exportar petróleo sem restrições pelos próximos meses. Na terça, o governo venezuelano e a oposição assinaram um acordo com diretrizes para a eleição presidencial do ano que vem.

Especialistas consideram o veto americano à resolução do Brasil para a crise humanitária em Gaza político e baseado na proximidade histórica entre Estados Unidos e Israel. Para eles, o poder de veto das grandes potências reduz a eficiência do Conselho de Segurança da ONU.

A nova funcionalidade se chama Tesouro Direto Coletivo. Ela permite que os pais e responsáveis criem uma campanha para receber os valores e definam os objetivos. A plataforma cria um link para ser enviado aos apoiadores, que fazem as contribuições por Pix.
Conheça nossos aplicativos nas lojas online da iTunes e Google

source

Facebook
Twitter
LinkedIn
WhatsApp
Email
SOBRE MIM
Amanda Costa
Natural do Ceará com 40+ apaixonada pelo Rio de Janeiro e carioca de coração. Defensora de causas sociais e políticas de grande relevância para o nosso Brasil.
#vamosquerer um futuro melhor.
siga amanda costa nas redes sociais
LUTA PELA DEMOCRACIA EM SP